Anúncios nas redes sociais são uma ótima tática para suplementar seus esforços de inbound marketing. Cada investimento têm seus prós e contras e, tendo conhecimento deles, é possível produzir os conteúdos mais adequados para gerar o maior engajamento possível.

Confira a seguir quais são as melhores redes sociais para anunciar e seus respectivos prós e contras:

Linkedin

Prós: A base de usuários do LinkedIn, formada principalmente por profissionais de negócios, é sua maior vantagem. Na rede social, seus anúncios quase sempre são vistos por usuários como você, fazendo com que a plataforma tenha altas taxas de conversão. Assim como no Facebook, é possível direcionar o conteúdo para públicos específicos por dados demográficos, localização e cargo.

Contras: O LinkedIn não gera altos números de cliques. No entanto, é preciso ter em mente que os poucos cliques gerados na rede social têm muito mais valor, pois vêm de usuários mais qualificados que em outros canais.

Twitter

Prós: O Twitter permite definir seu público-alvo com base em seus interesses mais atuais. Toda vez que alguém tuíta algo com uma hashtag, você pode incluí-la na sua audiência, semelhante ao targeting por keyword no Google Adwords.

Também é possível atingir um público específico do Twitter com base em usuários selecionados. Assim, é possível definir como público-alvo a base de seguidores de alguns dos usuários influentes.

Contras: Apesar de permitir definir o targeting por meio de keywords e hashtags, não é fácil fazer isso com base nos interesses. As categorias disponibilizadas pela rede social são bem limitadas. A que mais se aproxima de uma campanha de marketing B2B é “marketing”, o que pode ser bem vago.

Google+

Prós: Como foi criada pelo Google, o Google+ tem todos os benefícios do SEO. Qualquer atividade na página da empresa é calculada em sua optimização de busca. Para alguém do seu círculo, sua página aparece antes de outras fora do círculo. Além disso, usuários do Google+ estão geralmente mais voltados para tecnologia do que os que estão no Twitter e no Facebook, se essa é a audiência que deseja, a rede social do Google pode ser bem vantajosa.

Contras: O Google+ não tem as mesmas taxas de engajamento das outras três maiores plataformas. A rede social tem apenas 540 milhões de usuários, um número bem baixo comparado às outras opções. A plataforma do Google também não têm ferramentas de targeting tão eficientes, oferecendo apenas a opção de segmentação com base em demografia, contexto e dispositivos.

As políticas de promoção na plataforma também são restritas. Por isso, o melhor uso para o Google+ é como recurso de SEO, que também é bastante limitado porque, se sua página não estiver no círculo de uma pessoa, o Google não poderá fazer seu site ser visto por aqueles usuários.

Facebook

Prós: O Facebook tem a maior audiência, são mais de 1,19 bilhões de usuários registrados. A maior vantagem da rede social é a visibilidade que os anúncios podem dar à empresa, fazendo dela uma ótima opção para pequenos negócios. O Facebook também disponibiliza muitas opções de targeting (localização, gênero, interesses, status de relacionamento, local de trabalho e educação). Outra vantagem é que ele permite criar múltiplas variações de anúncios e usa o que teve melhor performance, dando informações valiosas sobre a efetividade de cada anúncio produzido.

Contras: As métricas oferecidas pelo Facebook em relação ao desempenho dos anúncios são fracas em comparação com outros sites.

Instagram

Prós: O Instagram passou a veicular anúncios no Brasil em abril de 2015. A rede social é bem mais jovem que o Facebook, com 90% de seus usuários com menos de 35 anos. Por ser uma ferramenta nova, muitas empresas evitam o Instagram e as que investem agressivamente no meio podem obter vantagens. De acordo com um estudo recente, o Instagram recebe a maior taxa de engajamento em comparação com outras redes sociais, cerca de 28 vezes mais engajamento que o Facebook e 120 vezes mais engajamento que o Twitter. Isso mostra que os usuários gostam mais de comentar e curtir no Instagram do que em qualquer outra rede social.

Contras: Por ser relativamente novo, o Instagram é considerado uma espécie de “território selvagem”: inexplorado e cheio de perigos hostis. Apesar de ser possível colocar restrições para proteger sua conta (fazendo com que seja necessária uma permissão para seguir o perfil), sem elas, seu perfil fica suscetível a spams e ofensas. A única maneira de combater isso é ficando atento para apagar conteúdos ofensivos rapidamente. Além disso, para conquistar a audiência, é preciso postar diariamente, às vezes, várias vezes ao dia, e as interações também são essenciais.

Com Hubspot

Entre em contato

Tel: + 11 2246.3613
Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 1748 - Cj 1710 - Cidade Monções, São Paulo - SP, 04571-000
SEG-SEX 09:00 - 18:00