Adotar uma estratégia de mídia social para qualquer empresa é importante, mas isso não significa que todas as estratégias de mídia social devem ser as mesmas. Dependendo de quem vai consumir o conteúdo que você divulgar nas mídias sociais, é importante avaliar o tipo de informação que você está compartilhando.

Uma empresa que atua no B2B terá um conteúdo muito diferente do que uma empresa do B2C. Na verdade, existem três diferenças principais entre o conteúdo publicado em mídias sociais para o B2B e B2C:

  1. Influenciadores e especialistas

Ter um influenciador, ou expert, como parte de sua estratégia de mídia social pode ser benéfico para quase qualquer negócio, mas para as empresas B2B, um especialista pode ser a diferença para que uma estratégia seja bem sucedida.

Ao executar uma campanha de marketing B2B em mídias sociais, você não só quer que sua mensagem seja eficaz, mas também vai precisar criar uma estratégia de inbound marketing.

Com um especialista que tenha autoridade no setor que você atua ao seu lado, sua empresa certamente ganhará visibilidade e repercussão.

  1. Tipo de conteúdo

O tipo conteúdo que você compartilha é outra área que deve ser avaliada dependendo de quem é seu cliente.

Quando você está criando uma estratégia de mídia social para uma empresa B2C, você vai querer compartilhar conteúdo que agrade ao seu cliente todos os dias. Isso inclui mensagens de estilo de vida que se encaixam em seu público-alvo, artigos engraçados que são facilmente consumidos, e posts compartilháveis que podem iniciar um engajamento.

Quando você está criando esses posts, você precisa manter em mente a capacidade de o conteúdo se tornar viral e como pode ajudar a espalhar a mensagem de sua marca.

Mas para um cliente B2B, as mensagens precisam ser mais sérias e estabelecer um nível de especialização. Em artigos de marketing B2B e outros conteúdos, você precisa transmitir as ideias fundamentais por trás de sua empresa, serviço ou outra área de sua indústria para provar que você é um líder nesse espaço. Seu objetivo final é ser percebido como um perito por quem está lendo.

  1. Ciclo de compras

Quando você está trabalhando para o B2C, as compras geralmente são rápidas e raramente envolvem muito compromisso.

Você provavelmente está oferecendo um produto que pode ser comprado online, que será enviado rapidamente para o cliente.

Isso significa que você pode conseguir conquistar uma venda de um cliente depois de realizar apenas uma introdução. Para as empresas B2C e suas estratégias de mídias sociais, um único post pode ser suficiente para convencer um consumidor e impulsionar as vendas.

Infelizmente para as empresas B2B, o ciclo de compra é muito maior, então a estratégia de mídia social precisa ser mais detalhada.

Os serviços que a maioria das empresas B2B fornecem incluem metas que serão cumpridas a longo prazo, o que significa que ao comprar um serviço o cliente também está firmando um compromisso.

É por isso que no marketing B2B, empresas precisam usar sua estratégia de mídia social como uma ferramenta que desperte o interesse continuamente. Com mensagens publicadas em mídias sociais, você pode continuar a se conectar com as pessoas que estão interessadas no que você é capaz de fornecer, mas que podem não estar prontas para fazer uma compra no momento.

Entre em contato

Tel: + 11 2246.3613
Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 1748 - Cj 1710 - Cidade Monções, São Paulo - SP, 04571-000
SEG-SEX 09:00 - 18:00